20090623

* Suplementos com anabolozantes


video



A prática esportiva exige um aumento no aporte de vários nutrientes que devem estar contidos na dieta. No entanto, antes de optar por suplementação nutricional, é importante que se conheçam algumas diferenças nas formas de exercitar-se.

Em primeiro lugar, é preciso diferenciar o indivíduo fisicamente ativo, o esportista e o atleta. Isso porque, atividade física pode ser considerada qualquer movimento corporal que envolva contração muscular voluntária e que eleve o gasto energético acima da taxa basal. Isso quer dizer que caminhar até a padaria ou jornaleiro, passear com o cachorro, dançar e realizar atividades comuns do dia-a-dia podem ser consideradas atividades físicas. Já o exercício, por definição é qualquer atividade física desde que sistematizada, ou seja, obedeça a uma intensidade, freqüência e duração controladas. São exemplos de exercícios as aulas de aeróbica, a musculação, o Cooper, etc. Para que o exercício seja considerado uma prática esportiva, deve levar em conta o caráter competitivo, onde a busca da melhor performance é um dos principais aspectos relacionados. Portanto, se você joga futebol no final de semana com os amigos, não deve ser considerado um atleta e sim um esportista.

Essas diferenças são fundamentais quando o assunto é suplementação nutricional. Existem evidências científicas concretas de que a dieta é perfeitamente capaz de suprir as necessidades nutricionais aumentadas das pessoas fisicamente ativas e dos esportistas, desde que seja balanceada e rica em alimentos saudáveis, fontes de vitaminas, minerais, proteínas, fibras, outros nutrientes, etc.

Quando a seleção de alimentos em uma dieta é limitada, a suplementação de nutrientes pode ser útil para se alcançar as Doses Diárias Recomendadas (as chamadas RDA).


As pesquisas têm mostrado que as pessoas que mais tomam suplementos são aquelas que já têm dietas adequadas.


A Associação Dietética Americana (ADA) afirma que a melhor estratégia nutricional para promover a saúde e reduzir o risco de doença crônica é a obtenção de nutrientes através de uma variedade de alimentos.


Muitos atletas usam suplementos nutricionais para melhorar a performance. No entanto, algumas pessoas chegam a tomar vários tipos de suplementos sem saber para que servem e ainda dizem: "meu amigo" toma, também vou tomar e acabam por cometer excessos, colocando a saúde em risco.

O ideal é que exista uma equipe multidisciplinar (nutricionista, médico e treinador físico) no momento da escolha da suplementação a ser utilizada e, pricipalmente, analisar se ela é realmente necessária. Nunca esquecendo que acima de tudo deve existir uma dieta bem balanceada.

Seguindo uma dieta saudável, a performance é garantida e a saúde agradece!

ATENÇÃO

Todo conteúdo desde blog é resultado de pesquisa em livros, revistas, internet e opnião pessoal. O objetivo deste blog é conscientizar e informar o seu público dos benefícios a saúde e qualidade de vida por meio da prática regular de atividade física. Contribuindo assim, ativamente, na saúde geral da população. Acreditamos que qualquer um pode se tornar saudável e em forma com um programa regular de exercícios físicos e boa alimentação.

As dicas e sugestões contidas neste site não substituem a presença e o acompanhamento de Educadares Físicos, Médicos, Nutricionistas, Psicólogos e Fisioterapeutas.

Equipe Fit Run


MEXA-SE E GANHE SAÚDE

MEXA-SE E GANHE SAÚDE
O objetivo do blog é incentivar você a praticar exercícios regularmente. E pra você que já pratica, facilitar o seu entendimento aos assuntos relacionados com atividade física, saúde e bem-estar.

Faça isso por você!!!

O sedentarismo é, hoje, um dos principais fatores de risco para a saúde. Por isso, ao reservar um "tempinho" durante o dia para a prática de exercícios físicos, você estará dedicando ao seu corpo a atenção e os cuidados que ele merece.